sexta-feira, 26 de maio de 2017

Se conselho fosse bom...

Se conselho fosse bom...
                                                               (a 2ª - à Petti)

Não queira estacionar no limo do amor, é teste pra poucos, é mundo solitário, rasteira de confusão.
Preserva o teu universo, que há tanto anda atrasado, teu canto entusiasmado, tua poesia de cerração, tua maternidade mais completa.
Estudaaaaaaaaaaaaaaaaaaa as tuas línguas, encontra os TEUS anseios, que foram injustamente disfarçados.
E vive o egoísmo desmedido, e viva a poesia do topo,
Vive, o encontro e o talvez, vive, a despedida.
Que se da novidade se faz montante, viva a vida num instante, mas viva a vida num montante.
Engrandece o desperdício, momentâneo, que há um monte de princícios,
A da rima uma amizade, a da rima uma SANIDADE,
E que se a gratidão lhe for uma porta, esfrega as mãos agora e, viva o batidão, kkk
Suspiros daquele emoji que ainda há por vir...

                                               Lai Câmara

domingo, 6 de dezembro de 2015

Como é que se faz mesmo?

Querendo me esvaziar de poemas antigos, escuto algo, que vem de perto e me estreita os caminhos.
Uma impressão apenas, mas que é altar de toda uma preocupação.
Muitos pontos é o que tenho distribuído e quando respiro é com poemas antigos.
Que tristeza essa tal desilusão.

Tenho a impressão, uma apenas,e teimo, teimo,
porque,
ainda há desejo pelo GOSTO que intensamente os poemas me doavam.

E,
é nesse desejo que a vida se equilibra e amorna, no desejo apenas,
equilíbrio de indeciso,
equilíbrio de espera,
equilíbrio de busca impensada,
equilíbrio de uma certeza que tem dois nomes – ilusão e covardia.


                                   Lai Câmara

domingo, 10 de agosto de 2014

Estupidez de uma Menina

Chorou de refém...; 
De cabeça erguida...;
Implorou um além na despedida
Não queria tal pobre rima.

Estupidez na aurora e no porem
“Intrando” na vagina
Ora! Que fazes de tu maldita menina!?

“Uma trouxa de roupa suja é mais digna”
Estupidez mendiga, mendigando, não implica!

Tola como a sua vida
Cheia de graça, mas, não quer tua pirraça,
Deixa a vida da menina,
que se iguala na mudez repentina.

                                                        Lai Câmara

segunda-feira, 10 de março de 2014

Clichê Sustentável

Arrepiou a canela
O corpo negou, mas
Os pés "sambou"
Digamos que na Bahia "lenhou" e "pintou".
Diego chegou, parei e ficou, ficou
E clareou aos pés ligados a alma do amor
Que move o balanço de tudo
Faltou o que?
Beber mais.
Deixai passar os velhos para que o novo se faça fortemente presente e consciente
Guardei o guardanapo que estrago
Baiano que diz que nasce abaianado...
Eu nasci foi enfeitiçado
Na essência sou eu o ser que nao vive sem mim, sem tudo isso
O meu só é meu
Quando entendo o todo reunido.

Claudemir Silva
Laís Câmara
Maria (Lívia França)

domingo, 24 de novembro de 2013


Maturidade

Tô eu cá, da maturidade me sentindo dona
Dela tirando proveitos confortáveis

Da tristeza nem importância dou mais, nem em um mais, nem em mais um dos meus dias
Importância mesmo – no clichê do agora

Na maturidade aprendi que nem tudo é clichê, nem o do mesmo clichê que sempre foi
Se da maturidade dos 33 sou ainda mais eu, e da dos tantos 3 mais 3 mais3 mais 3,

Serei amante de todas as conjugações,
É que se ainda n sou,  ainda não os sou porque penso que vivi e não vivi

Aceitar o não vivi é que ainda me resta
Maturidade dos 33 me levará pros afogados dos 3 mais 3 que dão em vida muito do que eu sei e do que eu serei.

                                                                Lai Câmara

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Falsa oração

Perdoa senhor a minha escrita vaidosa,
Dai-me de volta,
Pra grata ser a tu e a mim.

De nada me importará,
É na felicidade de mim...

Perdoa [S]enhor a pouca crença e a falta de respeito,
Admito egoísmo e disperso minha vaidade
Oro a ti, com a diferencial crença,
A do egoísmo [S]enhor.

Perdoa e traz – a Lai que gosta de ser Lai,
Que tira proveito do todo e do resto do todo.

                                                               Lai Câmara